como vocês já devem ter percebido, sou muito apaixonada pelos esmaltes da granado! de longo, é a marca nacional que eu mais amo em questão de cor, qualidade e custo x benefício. o meu nude preferido, por exemplo, é deles – o nome é ingrid. <3

daí que me dei conta que eles sempre aparecem no instagram e aqui no blog (mesmo quando eu vou no salão gosto de levar algumas opções de cores hahah!) mas eu nunca compartilhei o meu top 5 com vocês. :O então resolvi fazer uma seleção das minhas cinco cores queridinhas da marca e falar um pouquinho do porquê de serem tão boas e de cada uma delas.
esmalte

os componentes são bem diferentes do que vemos por aí, e o mais legal é que você pinta e ainda trata as unhas. eu, infelizmente, não consigo ficar mais de dois dias sem esmalte… acho que fica feio, e o pior é que eu sei que elas têm que respirar, mas simplesmente não consigo. então pra mim é um “alívio” colorir e deixar saudável.

3

louisa :: adoro tons que ficam entre o meio do caminho; nem tão rosa, nem uva, nem vermelho ou cereja. é um híbrido de todas essas cores que fica lindo na mão – não é à toa que escolhi a foto dele de abertura do post heheh.

jane :: sabe aquela cor que você compra mas demora horrores para pintar? então, foi isso que aconteceu comigo e com o jane. mas, confesso, depois que pintei, tudo mudou! ele tem um tom pastel fofito que deixa mão de “boa moça”, sabe? pra mim, é sempre uma boa opção para aqueles dias que não queremos esmalte escuro nem cores clarinhas.

mary :: dispensa apresentações, né? é o famoso clarinho “tem que ter” na coleção de esmaltes! ele é bem levinho, então para atingir o resultado da foto, aplico três camadas. e sim, elas secam perfeitamente e não ficam marcadas. ponto extra! \o/
gosto de usar o mary  no pé, já que o resultado fica super delicado e bonito.

catarina :: além de ser da minha coleção preferida da granado, das rainhas, o catarina tem um tom super único que fica incrível em vários tons de pele. na minha mãe, que é morena, ele fica bem discreto, um nude mais escuro, mega chic! em mim, a cor sobressai e fica um tom de “rato” que eu amo – um marrom com fundo acinzentado. é como usar cor de um jeito sóbrio, sabe?

rita :: confesso que já fui mais apaixonada em vermelhos. hoje em dia, prefiro ter poucas opções da cor, mas tons que de fato eu ame. o rita é um deles, aquele vermelho super clássico e atemporal que vai bem para diferentes ocasiões. ele é tão “poderoso” que é a minha cor preferida em dias que não estou muito animada… o efeito é imediato!

o mercado de beleza nunca esteve tão em alta e bombando quanto agora. é que além de marcas novíssimas desbravando o universo, um novo mood também chega para ficar – o da beleza sustentável.

esse movimento vem ensaiando uma chegada há um tempo, como em marcas pontuais, tipo a LUSH. eu, que adoro acompanhar os lançamentos gringos da área, já meio que esperava essa tendência por aqui, mas confesso que achei bem rápida essa chegada. me surpreendi positivamente!

outra marca que tem se sobressaído é a reload positive beauty, que ficou super famosa pelo #rehabme – linha criada para cabelos danificados. o legal da marca é que eles se preocupam não só em reduzir os impactos negativos no corpo como no meio ambiente também. na composição, não entra ingredientes tóxicos e produtos de origem animal. o que vale por aqui é a fórmula ultra concentrada e rica de proteína da quinoa, óleo de moringa e outras propriedades.

a lola, por exemplo, que tem uma comunicação divertida e super própria, criou uma linha de produtos capilares produzidos com ativos de origem vegetal, sem uso de silicone, sulfatos, parabeno, parafina e outros componentes do mesmo estilo. além disso, a marca foi uma das pioneiras no mercado de beleza brasileiro na criação de produtos para cabelos crespos, cacheados e com uma série de outros revolucionários.

essa dupla aqui já é íntima do meu box! uso direto e amo o shampoo e condicionador da linha salomé, da granado. o cheirinho é dos deuses! outro ponto positivo é que não contém ingredientes de origem animal em sua fórmula. além, claro, de ser livre de parabenos, sal e corantes. o resultado são fios soltinhos, leves e mega cheirosos. tem meu selo de qualidade! <3

não é novidade por aqui que a LUSH é pet friendly e utiliza ingredientes naturais em seus produtos, né? mas o que tem tudo a ver com o tema desse post e é novidade por aqui é o charity pot. hidratante para mãos e corpo, ele tem mais do que uma composição amiga da natureza, o valor dele é revertido para projetos sociais. pois é, além de ter um excelente loção hidratante ao lado, você ainda ajuda o mundo com boas ações. demais!

sabe aquela pessoa super apegada ao seu país, que ama rotina, que jamais sairia do lado da família ou que tem pavor de mudanças? então, essa pessoa, definitivamente, não sou eu. desde sempre fui apaixonada pelo mundo, por viagens, experiências, culturas…

não me entenda mal, amo minha família e cultura do meu país, mas eu sou do mundo, sabe? sair e ter que me adaptar à outro local não é o problema, é a solução pra mim. certamente, toda essa “sede” pelo novo e por desbravar cada centímetro do mundo é influência do meu signo e ascendente: sagitário em sagitário.

mas então, estava em busca de uma tatuagem que me representasse, mas não conseguia chegar a nenhuma conclusão. todos os desenhos pareciam muito vazios e “a cara de todo mundo”. até que encontrei um que finalmente tivesse a ver comigo, com a minha personalidade, meu jeito de enxergar o mundo e tudo mais. daí não tive dúvidas, quis tatuar pra “ontem”. conversando com uma amiga, a marcela, do manias de pimenta, ela me sugeriu na mesma hora o daniel galdino, um tatuador super famoso pelo traço extremamente fino no rio de janeiro. como o desenho que eu queria tinha muito detalhe e era pequeno, o ideal é que fosse alguém especializado em traço fino mesmo. logo, marquei e amei o resultado (e também o feed de fotos dele no instagram)! 😛

sei que tatuagem é uma coisa muito pessoal e várias pessoas não gostam de explicar, mas como a foto dela repercutiu tanto no instagram, percebi que valia fazer um post aqui contando um pouco mais sobre mim e a história da tattoo.

ahh, salvei o snap para compartilhar com vocês!

em tempos de “menos é mais” na beleza, na decoração e, óbvio, na moda, quero compartilhar com vocês alguns truques que eu uso no dia a dia desde que resolvi ter um armário mais compacto. se você tá pensando em seguir essa linha de mais roupas curingas e menos peças de “modismo”, vale lembrar que a criatividade é a palavra de ordem!
antes de começar queria contar uma experiência que aprendi na prática: ter uma paleta de cores e reduzir o número de peças que você tem no armário não está totalmente relacionado com o fato de ter um armário compacto e sem mesmice. é necessário pensar fora da caixa e buscar inspirações 25634221 vezes. mas, vamos combinar, isso se aplica tanto para um guarda-roupa recheado quanto mais enxuto.

1. guarde fotos de seus looks preferidos
ok, isso soa um pouco blogueira demais, né? mas é que esse passo me ajudou muito a começar a construir meu armário e meu estilo. saber o que eu gosto mesmo!
funciona assim: digamos que eu monte um look maravilhoso, que eu tenha amado, e vá trabalhar. daí eu fotografo ele, mesmo que de forma amadora e guardo no álbum do celular (ou dropbox, ou pasta no computador). o importante é “registrar” o look que você gostou para momentos de criatividade zero.
esse é um truque que eu adotei há pouco tempo mas já fez a maior diferença, principalmente, se eu tiver uma reunião ou evento e não souber

2. crie looks no pinterest
outro truque que eu adotei e não abro mão é selecionar looks que tenham a ver comigo. no meu pinterest tem uma pasta que se chama “stylist” e por lá eu salvo todas as fotos que, de alguma forma, me inspiram. seja por uma nova forma de amarrar a blusa, por como combinar peças ou, simplesmente, a saber o que eu preciso (OU NÃO) comprar. isso me ajuda, e muito, a não consumir por impulso, sabe?! é como se eu tivesse uma “wishlist” e se a peça não tá nela, é porque não preciso. 

3. miga, escolhe pra mim?!
já fiz essa brincadeira com algumas amigas e superfuncionou. peço para ela escolher uma peça chave do meu guarda-roupa e daí eu tenho que montar um look com ela. pode parecer difícil, mas é uma ótima forma de sair da zona de conforto e nos forçar a pensar melhor antes de correr para o “look basicão” de sempre.

4. desafio do dia (ou da semana)
essa tática eu uso muito em viagens ou finais de semana, já que ninguém quer carregar 25361 peças de um lado para o outro, e sempre funciona. elejo uma peça, acessórios ou sapato e tenho que usá-lo o máximo de vezes possíveis.
por exemplo, levo apenas uma bolsa para viajar e tento combiná-la com todos os looks que fizer.
o lado bom é que você economiza muito (!) espaço na mala. lado ruim é que em todas as fotos vai ter a tal da bolsa – mas, peraí que tem um truque incrível para incrementar essa parte! amarre um lencinho na bolsa ou na alça dela e varie a forma de usar (de lado, na mão, no ombro).

5. personifique o seu estilo
óbvio que você nunca vai encontrar uma pessoa que te inspire 100% no quesito estilo, mas né, pelo menos uns 80, 90% sim. eu, por exemplo, amo o jeito com que a julie sariñana (blogger do @sincerelyjules) se veste.
tento sempre trazer as referências de um look que gosto para a minha realidade, nem que seja só o fato de combinar as cores. isso também me ajuda muito em dias que a criatividade ao vestir não é o forte.

 

desde nova eu gosto de produtos para a pele: creminhos, hidratantes, máscaras… tudo o que pudesse deixar a pele macia e refrescante! alguns anos depois, o amor continua o mesmo, só que agora bem mais potencializado após conhecer “pessoalmente” a LUSH, em uma viagem à são paulo. é um verdadeiro paraíso para as beauty lovers que, assim como eu, não resistem a uma máscara milagrosa, ingredientes frescos e empresas pet friendly.

a minha experiência com as máscaras, tanto as frescas quanto as de auto-conservantes, foi tão incrível que resolvi fazer um post compartilhando os meus 5 motivos para “investir” nessas produtos da marca. 😉

1.proposta diferenciada: ao contrário de muuitas marcas de beleza (infelizmente!), a lush não testa em animais! \o/ inclusive, a maioria dos produtos da marca são vegan – em especial as máscaras.

 2.feitos à mão:tudo, absolutamente, tudo é feito artesanalmente, e em cada embalagem há o nome de quem preparou a máscara que você vai usar.

e é tão bom saber que uma pessoa e não uma máquina produziu aquele produto e embalagem, né? não sei se vocês também são assim, mas eu me sinto bem mais próxima da marca e dos seus ideais dessa forma… é como se a relação cliente e marca fosse algo real, palpável e sustentável.

mascara2

3.fresco é melhor: se eu precisasse definir as máscaras e o ideal da lush em uma frase, sem dúvida, seria: “fresco é melhor”. todos os produtos contém ingredientes naturais com cheirinhos deliciosos e combinações daquelas surpreendentes, como aspargos, kiwi fresco, alecrim.

4.efeito potente: não tem indicador melhor pra mim de que o produto é incrível do que aplica-lo no rosto / corpo e sentir o efeito – sensação de quente, refrescante ou com micro partículas esfoliantes. a mask of magnaminty é exatamente assim! ela tem uma consistência meio pastosa e, assim que você aplica, sente os ingredientes limpando e esfoliando a pele.

5.para a sua necessidade: nem sempre a nossa pele está em sua melhor performance, né? sem viço, precisando de uma esfoliação power ou até de uma limpeza mais potente… nessas horas, nada melhor do que pesquisar e se aventurar nas máscaras (de acordo com a sua necessidade).
essa tem sido a minha primeira opção sempre… estou preferindo buscar produtos mais saudáveis e naturais do que tentar resolver direto com dermocosméticos.

1 2 3 44 Page 1 of 44